DEUSA DO SUBMUNDO

         HISTÓRIA      

Na mitologia nórdica, Hela (Hel ou Hell[1]) é a deusa do Reino dos Mortos, igualmente designado por Hel. [2] É filha de Loki e da gigante Angurboda, irmã mais nova de Fenrir e da serpente Jörmungandr, do oceano que circunda Midgard.

Hel foi banida por Odin para o mundo inferior que recebeu seu nome, Helheim, que fica nas profundezas de Niflheim. Helheim fica às margens do Rio Nastronol, que equivale ao Rio Aqueronte da mitologia grega. Lá, recebeu o poder de dominar nove mundos ou regiões, onde distribui aqueles que lhe são enviados, isto é, aqueles que morrem por velhice ou doença.

Como agradecimento por fazê-la governante do mundo inferior, Hela deu a Odin os seus dois corvos Hugin e Munin , que são os mensageiros entre Asgard e os outros reinos.

Seu palácio chama-se Elvidner, sua mesa era a Fome, sua faca, a Inanição, o Atraso, seu criado, a Vagareza, sua criada, o Precipício, sua porta, a Preocupação, sua cama, e os Sofrimentos formavam as paredes de seus aposentos. O reino de Hela era guardado pelo cão Garm.

Hela podia ser facilmente reconhecida, uma metade de seu corpo era de uma linda mulher, e a outra parte de um corpo terrível em decomposição.

A personalidade da deusa Hel difere das dos deuses do mundo inferior das demais mitologias: Ela não é boa e nem má, simplesmente justa. Quando os espíritos dos bondosos, dos doentes e dos idosos eram trazidos à sua presença, ela cuidava deles e lhes dava conforto. Mas àqueles a quem ela julgava como maus, impiedosamente os arremessava nas profundezas geladas de Niflheim.

De acordo com as lendas, Hela não podia ser derrotada em seu mundo e nenhum deus se dispunha a enfrentá-la em seus domínios, nem mesmo Odin ou Thor.

Não há nenhuma passagem ou relato que diz que a deusa, alguma vez, deixou os seus domínios mesmo que por um instante (como Hades, por exemplo, que saiu do submundo para sequestrar Perséfone).

De acordo com as lendas, Hela também não teve participação no Ragnarök - fim do mundo da mitologia nórdica, preferindo ficar em seus domínios e não tomar partido nenhum.

O termo inglês Hell (Inferno em português) origina-se do nome desta deusa.

     FILHOS DE HEL       

Aparência: Seus filhos são extremamente magros, lembrando um dos lados de sua mãe, mas em compensação, são extremamente belos, os cabelos sempre negros e longos, a pele completamente pálida, lembrando uma pessoa morta, tem sempre olheiras que acabam sendo charmosas.


Personalidade: Por mais que pareça não são do mal,assim como sua mãe eles tem o equilíbrio dos lados bem e mal,porém um lado pode predominar.Quando o filho de Hel tem algum sentimento ocorrem mudanças no ambiente ex:Raiva,flores começam a murchar e o vento sopra mais forte.

          HABILIDADES        

Poderes Passivos

Força Melhorada

Nível 01-10: Consegue destruir ferro com sua força.

Nível 11-25: Consegue destruir aço com sua força.

Nível 26-35: Consegue destruir titânio com sua força.

Nível 36-50: Consegue destruir diamante com sua força.

Nível 51-99: Consegue destruir adamantium com sua força.

Nível 100-150: Consegue destruir vibranium com sua força.

Nível 151-200: Consegue destruir ferro divino com sua força.

Velocidade Sobrenatural

Nível 01-10: Pode se mover a 400 km/h.

Nível 11-25: Pode se mover a 800 km/h.

Nível 26-35: Pode se mover a 1200 km/h.

Nível 36-50: Pode se mover a 1600 km/h.

Nível 51-99: Pode se mover a 2000 km/h.

Nível 100-150: Pode se mover a 2400 km/h.

Nível 151-200: Pode se mover a 2800 km/h.

Nível 201-250: Pode se mover a 3200 km/h.

Nível 251-300: Pode se mover a 3600 km/h.

 


Aura Mórbida

A deusa da morte era descrita como tendo 50% de seu corpo já estado de decomposição extrema, devido a isto e seus títulos de deusa da morte, os seus descendentes possuirão habilidades referentes a isto.

Nível 30-60: Desde seu nascimento os filhos de Hel possuem uma aura de coloração verde-esgoto e devido a ela, liberam constantemente um cheiro podre que se assemelha ao de um corpo em estado de decomposição. Quando em combate sua aura se expande de forma ativa, abrangendo um raio de dez metros de onde o meio-sangue se encontra, fazendo com que aqueles em seu raio de influência sejam afligidos pela preocupação, sendo carregados de pensamentos de incertezas constante e insegurança, levando os afetados a demorarem 50% do que demorariam normalmente para pensar em algo e para agir contra a prole, tendo sua consciência ocupada principalmente por pensamentos negativos.

 

Nível 61-90: Sua aura ao se extender abrange um raio de 20m de onde a prole de encontra, neste nível aqueles que estivere em seu raio de influência são afligidos pelo atraso. Seus pensamentos gerais se tornam 50% mais lentos que o normal, afeta também seu sistema nervoso, ósseo e muscular, o que também torna sua movimentação/aceleração e velocidade máximas reduzidas em 25%.

Nível 91-120: Sua aura abrange um raio de 40m de onde a prole se encontra, Sendo que agora ela afeta seus inimigos em seu raio de influência com o sofrimento, se tratando de uma indução a dores físicas e mentais, os afetados sentem simultaneamente uma dor comparável a ter seu crânio constantemente esmagado, seus ossos sendo quebrados todos de uma única vez, sendo uma habilidade que leva instantemente uma dor extrema aos afetados é extremamente poderosa. Neste nível sua aura também faz com que o sistema nervoso daqueles em sua área de influência simplesmente não os obedeça, ficando paralisados enquanto estiverem no raio de influência, além disto o subconsciente das vítimas também é afetado por um medo intenso e constante, recebendo em sua mente visões de sua própria mente como se estivessem no local de sua morte e sentido o acontecido como se fosse real.

Nível 121-150: Sua aura se extende por um raio de 80m de onde a prole se encontra. A fome que impõe sobre seus oponentes tem seus efeitos aumentados, afetando diretamente organismos vivos de maneira que drenem os nutrientes em seu corpo e estes sejam transferidos para a prole de Hel, fazendo com que a fome agora não seja somente psicológica mas também biológica, caso não sejam pessoas que possam se defender disso, simplesmente irão ser incapazes de utilizar suas habilidades ativas e irão desmaiar após três rodadas consecutivas de drenagem, sendo levados a óbito após seis rodadas sendo continuamente drenados. O atraso passa a afetar a mente e o corpo dos oponentes de modo que sua percepção e velocidades gerais sejam reduzidas em 50%. Neste nível os afligidos pela aura mórbida também sofrem o precipício, que faz nada mais que preencher a mente dos inimigos com pensamentos suicidas, os fazendo perder a vontade de viver instantaneamente e passar a realizar tentativas de suicídio constantemente.

 

Nível 151-180: A aura se expande por um raio de 160m de onde a prole se encontra. Nesse nível a prole consegue fazer com que aqueles que ele considere inimigos sejam afligidos por uma fome extrema, que lhes passam a sensação (sendo apenas uma sensação, afeta apenas o cérebro dos indivíduos) de fraqueza e de insuficiência energética, os tornando incapazes de utilizar seus poderes ativos com facilidade.

Nível 181-210: Sua aura quando expandida abrange um raio de 320m de onde a prole se encontra. Os que estão no raio de influência de sua aura podem ser afetados pela vagareza, que se trata de um estado em que as ondas cerebrais dos afetados fiquem extremamente reduzidas, sendo como se estivesse em uma espécie de coma induzido pela aura. Também podem impor a inanição sobre aqueles que consideram inimigos, sendo esta a capacidade de retirar os sais minerais, vitaminas, água, nutrientes e mesmo o oxigênio dos seus corpos em apenas três turnos, os levando então a morte quase que instantaneamente.

Nível 211-240: Sua aura passa a abranger uma área de 640m de onde a prole se encontra. Neste nível a sua aura se torna extremamente densa e poderosa, adquirindo uma tonalidade escura. Quando a aura se expande ela passa a emitir uma energia obscura e mortal, os organismos vivos/células que entram em contato com a mesma simplesmente tem seu tempo de vida avançado instantaneamente, envelhecendo os corpos dos inimigos a um ponto que suas células simplesmente estejam completamente mortos, tendo seus corpos reduzidos a ossos.

Biologia de Jotunn

Hel é filha de Loki e Angrboda, dois Jotuns, logo ela também é uma gigante de gelo, apesar do seu título de Deusa dos Mortos. Assim, ela compartilhará das mesmas características deles.

Nível 01-10: Sendo um gigante, a prole terá um envelhecimento desacelerado, permanecendo da mesma idade por muito tempo. Sua resistência também é uma característica que se destaca, podendo resistir ao equivalente a destruição de várias casas sem sofrer nenhum dano. A prole também terá habilidade de cura incrível, podendo se curar de ferimentos leves em questão de segundos.

Nível 11-25: Como gigante e filho da deusa da morte, a prole terá uma capacidade de se adaptar a qualquer ambiente, resistindo a ambientes de alta temperatura facilmente, frio, em especial, não tendo qualquer influência sobre ela. A resistência da prole lhe permite a resistir o equivalente a destruição de vários prédios sem problemas, bem como sua cura lhe livra de ferimentos médios.

Nível 26-35: Os sentidos da prole se tornam mais refinados e sensíveis, podendo ouvir coisas a grandes distâncias, sentir e diferenciar cheiros muito sutis, sentir os mínimos detalhes de uma superfície com o seu toque além de poder ver detalhes de coisas a quilómetros de distância. A resistência lhe permite ser atingida por um ataque que devasta quarteirões sem problemas, bem como a sua cura lhe permite se curar de ferimentos de ferimentos grandes.

Nível 36-50: A prole adquire a capacidade de aumentar e diminuir de tamanho, podendo ficar tão grande quanto um prédio de 50 andares ou do tamanho de uma formiga, podendo ficar pelo tempo que quiser desse tamanho. A resistência lhe permite resistir à destruição de várias cidades sem problemas, bem como se curar de ferimentos profundos em segundos.

Necrosciência

Odin após conceder a Hel o reino dos mortos o mesmo lhe concedeu algum certo domínio sobre os nove reinos ao ponto de a permitir trazer todas as almas para seu reino onde são julgadas e enviadas aos seus destinos finais. Assim como sua mãe suas proles demonstram um grande conhecimento sobre a morte.

Nível 150: As proles de Hel adquirem a capacidade de saberem tudo o que há de saber sobre a morte, conseguindo saber o início (nascimento) e o fim (morte) de todas as coisas que já foram, já vieram e ainda serão criadas (ou nascerão) sabendo quando, onde e como serão mortas ou destruídas sabendo o destino final de suas vítimas assim como os motivos que levaram a morte/fim/destruição de tal ser ou coisa.

Resistência Psíquica

A Deusa da Morte Hel era reconhecida por não se importar muito com os mortos e com os vivos e muito menos ser influenciada ou aceitar barganhas, realizando seu trabalho e fim. Assim como se mantinha neutra, não escolhendo lados, ela também após tomar um decisão jamais voltava atrás mesmo que tentem a convecer do contrário. Por isso essas proles herdam de sua mãe uma boa resistência psíquica.

Nível 1-10: Sua resistência não se mostra tão boa, conseguindo resistir apenas a invasões psíquicas.

Nível 11-25: Se mostra resistente contra leitura mental impedindo que outros seres consigam ler sua mente com muita facilidade.

Nível 26-35: Adquirem agora uma baixa resistência contra controle mental, conseguindo resistir mas não quebrar ele.

Nível 36-50: Já adquire uma grande resistência contra controle mental e controle de sentimentos.

Nível 51-99: A prole se mostra extremamente resistente, conseguindo resistir a danos mentais extensos até mesmo em ataques de energia psíquica.

 

Nível 100-150: Se mostra imune a poderes psíquicos/mentais.

Presença Oculta

Sendo aquela que deveria definir o destino de todos os seres, seus filhos adquirem uma proteção concedida por esta deusa.

Nível 1-50: As proles de Hel adquirem a capacidade de se mover sem ser percebida, é como se ninguém pudesse perceber onde ela está sem que ela deixe que percebam (tanto fisicamente quanto espiritualmente). Podendo estar atrás da vítima e esta nem se quer sentirá.

Nível 51-100: As proles de Hel possuem seu destino oculto dos demais seres não sendo possível prevê suas próximos ações.

Meio Vivo e Meio Morto

A deusa da Morte Hel era dito por ser um tanto diferente dos demais deuses, possuindo um lado de seu corpo cheio de vida lembrando muito um ser vivo comum e muito bonito, enquanto que do outro lado era bastante feio e degradado lembrando muito um morto vivo. Suas proles também apresentam esse aparência dupla, tendo um lado bonito e cheio de vida e um lado degradado parecido com um morto vivo.

Nível 01: Os filhos da deusa da morte possuem uma existência um tanto diferente dos demais meios sangue, estando vivos e mortos ao mesmo tempo. É como se parte do seu ser estivesse viva e presente no mundo dos vivos (plano físico), já a outra parte morta e presente no plano espiritual. Devido a isto essas proles acabam que não podem ser mortos uma vez que já estão mortas, sendo que a parte presente no mundo espiritual acaba permitindo a prole se mover nos dois planos simultaneamente se assim desejar sem a necessidade de estar o tempo todo ancorado a um corpo físico.

Observação: A prole ainda pode ser danificada por ataques na alma. Caso a alma seja destruída o elo entre o mundo espiritual é quebrado e a prole morrerá.

Olhos Peculiares

Graças ao lado duplo dessas proles, as mesmas possuem uma visão diferenciada em cada olho, onde cada um dos olhos lhe permite ver uma mesma coisa de maneira diferente.

 

Nível 1-10: Os seus olhos além de lhe permitir o plano espiritual lhe permite ver o corpo das suas vitimas totalmente, tendo uma visão completa sobre eles.

 

Nível 11-25: A prole consegue exergar sem qualquer dificuldade, mesmo sobre telas prejudiciais como o brilho do sol, névoa que impede de enxergar e etc.

 

Nível 26-35: Os olhos das proles de Hel podem enxergar as intenções dos mesmos, sabendo quando irão usar atacar, matar ou realizar alguma ação.

 

Nível 36-50: Podem enxergar as áreas do corpo da vítima onde se mostram mais vulneráveis ou fracas, sabendo onde atacar sempre.

Resistência Espiritual

Sendo filhos da deusa do submundo a qual decidia o destino final dos mortos e tendo total autoridade sobre os espíritos, as suas proles adquirem uma certa resistência a ataques espirituais.

Nível 01-20: Adquirem uma pequena resistência contra poderes, ataques e habilidades espiritual.

Nível 21-40: Adquirem uma boa resistência contra poderes, ataques e habilidades espiritual.

Nível 41-60: Adquirem uma  resistência contra poderes, ataques e habilidades espiritual.

Nível 61-80: Adquirem uma alta resistência contra poderes, ataques e habilidades espiritual.

Nível 81-100: Adquirem uma grande resistência contra poderes, ataques e habilidades espiritual. Possuindo uma alma muito mais forte e resistente do que as dos demais semideuses.

Poderes Ativos

Convocação do Submundo

A prole de Hel se mostra capaz de convocar seres provindos do submundo para lhe ajudar durante o combate.

Nível 01-10: Pode convocar 10 mortos vivos (provindos de qualquer um dos nove reinos)

Nível 11-25: Pode convocar 20 mortos vivos.

Nível 26-35: Pode convocar 30 mortos vivos.

Nível 36-50: Pode convocar 40 mortos vivos e draugrs.

Nível 51-99: A prole de Hel pode invocar o corcel de sua mãe a qual possuía 3 patas e lhe permitia ir para qualquer lugar dos nove reinos. O cavalo também exalava um cheiro de podridão a qual tornava a terra infértil e causava doenças em seres humanas e matava as plantas e os vegetais próximos.

Nível 100-150: Pode convocar o lobo guardião dos portões do submundo que vivia nos domínios de Hel, conhecida como Garm, sendo um lobo gigante capaz de disparar rajadas de gelo do submundo pela boca e ficar invisível, além de suas garras poderem afetar até mesmo as almas de suas vitimas.

Nível 151-200: Pode invocar o Dragão Nidhogg, sendo capaz de devorar ou se alimentar de qualquer coisa, e também cuspir bolas ou rajadas de gelo do submundo.

 

 

Runa Hagalaz

 

As proles de Hel herdam de sua mãe uma marca em seu corpo que na verdade é uma poderosa runa em forma de granizo tatuada em seus corpos. Sendo uma runa extremamente poderosa, ela concede as proles de Hel várias capacidades.

Nível 1-10: Uma das primeiras habilidades concedidas pela runa é a mudança. Que permite a prole alterar a sua forma livremente.

Nível 11-25: A segunda habilidade concedida pela runa é o mau tempo. Que permite a prole afetar o clima ao seu redor, fazendo ele ficar chuvoso, tempestuoso, bom, fazer raios e trovões aparecerem e etc, conseguindo controlar o clima.

Nível 26-35: Outra capacidade é o incontrolável, a qual permite a prole tornar um determinado poder tão poderoso que o comjurador perderá  o controle facilmente. (3 vezes por evento ou saga).

Nível 36-50: A runa permite a prole gerar e controlar os elementos da natureza.

Nível 51-99: A prole consegue convocar corvos, até mesmo se transformar em um. Podendo também materializar uma réplica do crânio de suas vítimas e usar elas para controlar e dar ordens neles.

Nível 100-150: A runa se mostra capaz de proteger a prole sempre que esta vier a correr perigo, criando barreiras extremamente resistentes envolta de seu corpo para lhe proteger contra os ataques. (A barreira usa da energia da prole para ser criada, se o poder do oponente for maior logicamente a barreira pode vir a se quebrar).

 

Nível 151-200: A prole consegue causar abalos sísmicos, terremotos e ondas de choque.

Nível 201-250: A prole consegue atirar de seus olhos e de seus dedos raios capazes de desintegrar suas vítimas, sendo um dos mais poderosos dos ataques dessa runa.

 

Nível 251-300: A runa em seu auge consegue causar uma mudança radical e inevitável, protegendo a prole de qualquer ataque que esta vem a receber. A runa alterará as probabilidades fazendo com que seus oponentes errem seus ataques contra a prole, não conseguindo lhe acertar. (3 vezes por evento ou saga).

 

 

Necromancia

Sendo filho da deusa da morte e rainha do submundo essas proles exercem algum grau de magia, despertando a necromancia.

Nível 01-20: As proles de Hel inicialmente adquirem a capacidade de perceber e interagir com o plano espiritual, conseguindo convocar almas e seres espirituais para poder buscar conhecimento sendo que esses espíritos lhe informaram tudo o que queira saber, conseguem também se tornar intangível assim como espíritos, podem perceber o sobrenatural vendo invisíveis e também conseguindo detectar vida e energia. A prole também consegue reanimar cadáveres, conseguindo exercer alguma influência sobre a morte neste nível, conseguindo perceber quando alguém vai ou irá morrer, percebendo até mesmo quando estiver prestes a morrer agindo como um alerta que sempre alertara a prole durante seus combates, mesmo que ela não esteja o notando.

Nível 21-40: A prole agora consegue comandar os mortos vivos, conseguindo criar eles, controla-los e até mata-los se quiser, conseguindo criar qualquer tipo de morto vivo, até mesmo draugrs; a prole também consegue causar e controlar a dor em suas vítimas apenas com um simples gesto de mão. Sendo filhos daquela que determina o destino final dos mortos por isso os filhos dessa deusa conseguem controlar, dominar, banir e destruir almas, espíritos, fantasmas e seres espirituais (caso este seja mais poderoso a prole não poderá dominar este muito bem), também exercendo espirituais como se mimetizar em um espírito, conseguindo ficar invisível e até mesmo possuir outros seres. Uma habilidade interessante é que mesmo conseguindo exercer controle sobre os mortos a prole também consegue utilizar esses mortos vivos como um canal para seus poderes, conseguindo usar seus poderes sem estar no local devido, utilizando de um dos mortos que esteja. 

Nível 41-60: A prole adquire uma melhor capacidade sobre a necromancia, conseguindo absorver a energia vital de suas vítimas; conseguindo neste nível utilizar da magia espiritual conseguindo controlar os espíritos que habitam o plano espiritual, conseguindo os convocar, os canalizar e até usar os seus poderes para seus próprios fins; sendo uma magia bastante poderosa pois não só permite a prole utilizar dos vários poderes espirituais mas também canalizar de seu próprio espírito para poder conjurar vários ataques de energia, acessando a capacidade de manipular a energia espiritual e vital e até mesmo controlar as almas podendo as absorver e usar como meio para aumentar seu poder temporariamente, podendo usar também para impedir que venha a ser morto ou apagado. Adquirindo controle sobre a magia espiritual.

Nível 61-80: A prole ao chegar nesse nível se mostra ainda mais perito com a necromancia conseguindo agora se alimentar da aura das suas vítimas ou até mesmo absorver elas para si conseguindo a energia que compõe as auras de seus oponentes e usar elas como se fossem suas (incluindo o poder que ela concede, porém não é permanente durando no máximo 2 rodadas). Conseguindo neste nível manipular, gerar e moldar o ectoplasma, podendo também controlar o corpo de suas vítimas através de suas mãos e até mesmo controlar os fungos e os usar contra suas vítimas. A prole neste nível já adquire a capacidade de evitar a morte, através de um feitiço que o mesmo age naturalmente quando a prole corre perigo, onde ela consegue criar uma runa tanto na prole quanto em outro ser cujo ela já tocou fisicamente, onde ao invés da prole vir a morrer ou ser apagada será ela quem irá vir a ser apagada ou morta (1 vez por evento ou saga). Conseguindo também explorar mais aprofundamente a necromancia ao ponto de ser capaz de reviver outros seres (conseguindo até mesmo refazer o corpo desses seres, porém necessita que a alma esteja acessível).

Nível 81-100: A prole atinge o controle total sobre a necromancia, adquirindo controle sobre a morte em si, adquirindo a capacidade de controlar a morte, a induzindo de diversas formas, conseguindo usar a sua energia para produzir uma névoa negra e obscura a qual consegue matar qualquer coisa no raio de alcance; a prole também exerce domínio sobre a força da morte se tornando um excelente representante de sua mãe sobre a morte, onde a prole consegue também impedir que suas vítimas não consigam reviver. Adquire a capacidade de imobilizar outros seres conseguindo impedir que eles se movam tanto fisicamente, quanto espiritualmente nem mesmo a própria mente, se tornando um ser inanimado temporariamente (por até 3 rodadas). Em seu auge a prole adquire a capacidade de conjurar feitiços relacionados a necromancia, criando runas capazes de gerar efeitos únicos e entre outras coisas.

Estado de Morte

A prole de Hel é capaz de criar envolta de suas mãos uma aura de energia obscura, assim que a prole leve sua mão na direção de sua vítima a mesma sofrerá danos em seu corpo.

 

Nível 1-20: Ferimentos - aqueles afetados por esse poder não poderão se curar de suas feridas tão rapidamente quanto é o seu normal, as feridas causadas pela prole irão começar a aumentar e a se multiplicar, causando mais e mais danos ao inimigo da prole.

Nível 21-40: Doença - aqueles afetados por esse poder, serão atingidos por uma doença que aumenta mais e mais conforme o tempo passa, primeiro eles sentem grande cansaço, então seus membros ficarão mais pesados, os sentidos serão terrivelmente afetados, por fim as serão incapazes de fazer qualquer coisa.

Nível 41-60: Velhice — aqueles afetados por esse poder irão sentir como se estivessem envelhecendo, cada vez mais ficando mais fraco até que mal possa se mover. Resistências, regeneração, força e velocidade, em especial, serão terrívelmente afetadas por esse ataque.

Nível 61-80: Assassinato — aqueles afetados por esse poder serão cercados por dezenas de inimigos que irão sempre surgir para atacar os inimigos da prole, sendo todos que os atacam guerreiros com técnicas assassinas até que a maioria morra ou seja gravemente ferida.

Nível 81-100: Toxina — será liberada uma névoa de cor rosada que irá começar a se espalhar pelo ambiente, sendo uma toxina venenosa que irá retirar os sentidos da vítima e reduzir seus poderes para o nível básico.

Elementos do Submundo

Assim como sua mãe é a rainha absoluta do Helhein essas proles também nascem com uma forte relação com esse submundo, conseguindo gerar, controlar e moldar os elementos desse reino.

Nível 01-10: Consegue criar construtos ou lançar esferas de gelo, de água. Pode até mesmo gerar névoas as quais causam ilusões mortíferas em suas vítimas.

 

Nível 11-25: Consegue disparar rajadas de gelo e água extremamente quente. Além de controlar a temperatura e a extensão da névoa.

Nível 26-35: A prole já consegue se mimetizar em gelo, em água ou até mesmo em névoa.

Nível 36-50: Já exibem um grande controle sobre esses elementos não gastando muitas energias com eles.

Nível 51-99: Já consegue controlar esses elementos para afetar o interior de suas vítimas conseguindo as congelar facilmente. As águas adquirem a capacidade de grudar cada partícula de água no corpo da vítima. Já a névoa se mostra tóxica causando uma falência em todos os órgãos da vitima.

Nível 100-150: Adquirem um controle perfeito sobre esses poderes conseguindo afetar uma grande extensão de território se desejar.

Nível 151-200: Em seu auge a prole domina esses elementos de maneira global, também adquirindo nesse nível a capacidade de gerar, controlar e moldar o Nether que é na verdade o elemento que compõe o submundo, sendo um elemento perceptível apenas no plano espiritual portanto conseguem afetar a alma.

Observação: O Gelo de Helhein consegue congelar qualquer coisa, e não pode ser derretido ou desfeito sem que a prole deseje, sua principal capacidade é sugar a energia vital das vítimas até a morte. As águas do rio nastranol conseguem inutilizar todos os sentidos da vítima a cada ataque além de imobilizar o corpo da vítima como se estivesse preso, necessitando de uma grande força para poder se mover. A névoa de Nilfhein consegue causar ilusões em suas vítimas, além de também ter propriedades tóxicas que levam a morte se ficar exposto por muito tempo.

 

 

Arma da Morte

 

Sendo filhos de uma deusa da morte essas proles são capazes de materializar a sua própria energia em firma de um líquido obscuro a qual logo toma a forma de uma arma, sendo esta a arma que a prole desejar. Essa arma mesmo que esteja longe da prole, basta a mesma a convocar e ela virá ao seu encontro.

Nível 1-10: A Arma da Morte consegue danificar tanto seres físicos quanto espirituais e intangíveis.

Nível 11-25: Os danos e ferimentos provocados por essa arma não podem ser curados, através de poderes, além de negar imortalidade.

Nível 26-35: A arma da morte pode se alimentar da energia da prole para produzir ataques derivados de energia contra seus oponentes.

Nível 36-50: A arma da morte consegue absorver a energia vital de suas vitimas a cada dano. 

Nível 51-99: A arma da morte a cada ataque consegue envelhecer tudo o que ela entre em contato, mesmo que seja algo não vivo terá sua matéria envelhecida até um ponto onde se torne extremamente frágil e fácil de se matar ou destruir.

Nível 100-150: A arma da morte dessas proles alcançam a capacidade de quebrar barreiras e proteções, além de conseguir afetar seres que estejam em formas sombrias, de luz e etc.

Nível 151-200: Consegue matar tudo aquilo que é cortado pela lâmina.

Reino da Tortura Eterna

Em algumas traduções cristãs é visto que o reino de Hel segundo o conceito cristão é uma referência ao inferno (Hell) que também é um local de tortura onde os pecadores são enviados e permanecem pela eternidade lá.

Nivel 50: As proles de Hel adquirem a capacidade de banir aqueles que a prole considere maus e pecadores para um dos nove níveis do Helhein, onde só poderão sair do reino dos mortos caso a prole queira. Uma vez dentro do submundo a vítima sofrerá as mais dolorosas torturas existentes, sendo que caso este venha a conseguir voltar estará completamente traumatizado e horrorizado não conseguindo sequer continuar o combate.

Submundo Pessoal

 

Sendo filhos da Rainha absoluta do Submundo os filhos de Hel possuem um submundo pessoal.

Nível 100: As proles de Hel podem adentrar em seu submundo pessoal, onde o mesmo pode moldar o local ao seus gostos, conseguindo banir seres para seu submundo pessoal se quiser. Assim como sua mãe essas proles se mostram invencíveis em seu submundo pessoal, não podendo o derrotar em seus domínios de maneira alguma.

 

Umbracinese

 

Sendo uma deusa da morte as proles de Hel possuem a capacidade de controlar, gerar e moldar as trevas e as sombras ao seu redor como bem entender.

 

Nível 1-20: A prole poderá gerar sombras e escurecer os locais ao seu redor, concentrar a energia dos locais na palma da de suas mãos, ver nas sombras, se esconder e se transportar nelas sem problemas. Os constructos terão a resistência do aço.

 

Nível 21-40: A prole poderá se curar mais rapidamente em locais de sombras, absorver ataques com as suas sombras e dissipar o seu poder, bem como fazer seus construtos com a resistência do titânio.

Nível 41-60: A prole pode manipular seus inimigos ao controlar as suas sombras, os tornando suas marionetes, assim como causar danos nos inimigos através de suas sombras. Seus construtos terão a resistência do diamante.

Nível 61-80: A prole pode criar seres a partir das sombras, podendo os manipular livremente, sendo imunes a ataques a não ser que estes gerem luz de alguma maneira. Seus construtos tem a resistência do adamantium.

Nível 81-100: Ao gerar sombras, a prole poderá se defender de ataques através da mesma bem como se tornar indetectável uma vez que esteja dentro delas. Seus construtos possuem a resistência do vibranium.

Separação de Corpos

Hel era descrito como uma jovem mulher possuindo um lado belo e cheio de vida semelhante a uma humana bonita, enquanto o outro lado de seu corpo era morto e em decomposição semelhante a uma morta viva. Assim como sua mãe essas proles possuem um lado duplo, sendo que a prole pode usar esse lado duplo como benefício podendo deixar uma parte atrás e a outra a frente se quiser conseguindo também se separar um do outro, sendo capaz de criar uma duplicata de si mesmo adquirindo uma consciência compartilhada.

Nível 01-10: A prole ao se separar de sua metade ele pode vir a optar a ter um corpo preenchido ou não (uma mesma metade dominar a outra metade que fica em branco do mesmo corpo da duplicata), uma vez que estejam separados cada um exibe algumas habilidades que normalmente não possuem quando estão unidos. O lado que lembra mais um morto vivo quando se separado do lado mais vivo da prole se mostra mais como um morto vivo consciente, possuindo imunidade a necessidades fisiológicas, imunidade a dor; seu corpo fica se mostra tão diferente que é como se não houvesse órgãos vitais para o morto vivo não se importando caso seu coração seja drasticamente danificado ou áreas como o pulmão o mesmo continua vivo, já que existe uma independência de seus órgãos. Suas capacidades físicas como velocidade, agilidade, força, durabilidade e resistência se mostram melhoradas, adquirindo também imunidade a mudanças de temperatura. Uma das principais habilidades que se pode notar desse ser é a capacidade de se alimentar de suas vítimas e as transmutar em draugs fiéis a prole. Já o lado vívido já demonstra uma grande melhoria na sua velocidade e agilidade conseguindo também demonstrar um bom fator de cura a qual regenera pequenos ferimentos ou danos que o corpo venha a receber, conseguindo ter uma perícia básica com qualquer arma que ele venha a pôr as mãos. Nesse nível adquire apenas um aumento nas suas capacidades físicas e uma boa resistência fisiológica.

Nível 11-25: O lado morto vivo da prole que a qual lembra mais a aparência de um draugr adquire a capacidade de gerar névoa por onde passa, conseguindo também aumentar o seu tamanho, lembrando também o lado jotun de sua mãe, que acaba por se desenvolver mais permitindo a prole diminuir a temperatura durante seus combates, conseguindo gerar doenças através dos danos que cause em suas vítimas e até mesmo controlar a sua densidade se quiser. O morto vivo também consegue se alimentar de qualquer matéria solida que ele deseje, tendo um sistema digestivo infinito, conseguindo se regenera a medida que come. O lado vívido demonstra a capacidade de levitar e também utilizar da sua própria energia vital para gerar construtos contra seu adversário se quiser. O lado vívido se assemelha mais a um guerreiro no auge da sua vida, demonstrando capacidades que superam o melhor dos semideuses comuns, tendo seu fator de cura melhorado conseguindo agora se recuperar de danos mais severos incluindo perfurações e sangramentos.

 

Nível 26-35: O lado morto vivo da prole exibe grande influência entre os mortos vivos conseguindo reanimar corpos mortos que estejam no determinado território só movendo suas mãos, mesmo que normalmente já estavam mortos a muito tempo, a sua simples presença cria um vírus por todo o cenário a qual mata facilmente seres vivos como humanos, plantas e etc, os transformando em mortos vivos, sendo capaz de controlar o seu próprio corpo, gerando armas, novos membros e etc. Suas capacidades se mostram ainda mais evoluídas, conseguindo causar uma certa intimidação em outros mortos vivos que não estão submetidos ao seu controle. O morto vivo consegue nesse nível melhorar suas capacidades de raciocínio conseguindo controlar grandes quantidades de mortos vivos conseguindo dar ordens nestes ao ponto de fazerem exatamente o que a prole deseja, conseguindo nesse nível controlar aquilo que a prole comer (somente matéria inanimada, como metal, ossos e etc). O corpo da prole consegue se adaptar aos mais diversos cenários, conseguindo se adaptar a territórios aquáticos, invernais, e quentes facilmente, assim como seus mortos vivos. O lado vívido da prole adquire pericia com armas e um corpo lembrando muito o de um beserker conseguindo ignorar a dor durante seus combates e até mesmo ignorar sentimentos como o medo e a tristeza, ficando ainda mais forte quando com raiva, sua adrenalina se eleva ao ponto de conseguir ignorar os ferimentos, movido pela raiva o mesmo apenas focará na batalha adquirindo uma mente feral ao qual se mostra difícil de tentar ler, estando movido pela raiva o mesmo adquire uma certa imprevisibilidade nos seus movimentos realizando ações que podem ser um tanto imprevisíveis. Nesse estado suas capacidades físicas se elevam pelo menos 3x mais.

Nível 36-50: O lado morto vivo da prole agora se mostra mais desenvolvido conseguindo induzir medo e horror extremo em suas vítimas, lhes causando um desencorajamento e até mesmo uma paralisia, despertando o medo de suas vítimas durante o combate. Nesse nível ele adquire uma influencia maior sobre os mortos vivos causando nos que ele mata a capacidade de se transformar em draugrs, conseguindo também alterar parcialmente a sua aparência conseguindo criar garras e etc. Em seu auge a prole em seu lado morto vivo adquire uma capacidade peculiar que é a de transferir um pouco de sua energia para aqueles que o mesmo venha a entrar em contato; uma vez que consiga isto a energia se moldara em várias versões microscópica da prole e logo começará a devorar o corpo da vítima, corroendo até mesmo as células, uma rodada depois a vítima verá o rosto da prole ao lado da cabe a do mesmo e na segunda rodada o corpo da vítima acaba morrendo. Uma vez que isso ocorra, o corpo da vítima é reanimado e se transforma em um draugr, enquanto que de dentro do draugr vários clones da prole sairão. O lado vívido adquire um processo de cura melhor conseguindo regenerar membros perdidos demorando duas rodadas no mínimo, enquanto que nesse nível o corpo da prole uma vez que entre em contato com o corpo da vítima é capaz de implantar um pouco de sua energia e após duas rodadas uma grande quantidade de barro endurecido se formará ao redor do corpo da vítima, sendo este um barro mágico a qual causa uma séria dificuldade em se mover, e consegue sugar a energia da vítima podendo conceder para outros seres caso entre em contato. Nesse nível a prole (tanto o morto vivo, quanto o vivo) também é capaz de se transformar em uma poça de sangue que pode ser manipulada  pelo mesmo, podendo usar essa poça de sangue para voltar pro corpo do morto vivo ou vice versa.

 

Observação: Para matar o morto vivo é necessário que o corpo seja destruído, caso contrário ele continua vivo, já o corpo vivo se mostra apenas um semi Deus. Caso um dos dois corpos venha a morrer o outro vai perceber, e automaticamente após 4 rodadas se um dos corpos continuar vivo, o que foi perdido se regenera no corpo que restou.

 

Deus da Morte

 

A prole sofrerá uma transformação, sua pele ficando cinzenta e enrugada, toda a carne praticamente sumindo de seu corpo, sua pele grudando nos seus ossos, lhe dando uma aparência esquelética. Seus olhos serão órbitas das mais profundas trevas, sem fundo. Seu corpo será revestido por uma calça velha e parcialmente rasgada e um capuz arrasado, rasgado, sujo. Nessa forma o poder da prole cresce a níveis extremamente alto, era dito que sua mãe era uma deusa tão poderosa quanto o próprio Odin, portanto o deus da morte se torna tão poderoso quanto o próprio Odin, sendo que nessa forma a prole demonstra um grande controle a nível global sobre o plano espiritual e tudo sobre o mesmo, o mesmo possui em suas mãos a arma mortífera a qual nessa forma lhe permite matar todos os seus oponentes facilmente, mesmo que estejam em forma intangíveis ou mimetizadas. Adquirindo controle absoluto sobre a Necromancia.

Nível 180-200: Dura 2 rodadas.

Nível 201-220: Dura 3 rodadas.

Nível 221-240: Dura 4 rodadas.

Nível 241-260: Dura 5 rodadas.

Observação: Essa transformação só pode ser usada uma vez por evento.

         PRESENTES DE RECLAMAÇÃO      

Manto místico
 

Hela usa seu manto tanto pra melhorar suas habilidades, quanto para esconder sua aparência.

Com ele os semideuses aprofundam seus poderes misticos de desenvolvem o controle dos elementos da natureza, controlando o mesmo como quiser.

A marca

Após a reclamação dos filhos de Hela, os mesmos recebem uma marca, a runa Hagalaz. Uma das runas de Odin, que permite os semideuses o poder de jogar maldições.

 

Lobo Nórdico de Nilfehein

Podem convocar um lobo de Nilfehein para lhe ajudar em qualquer tipo de batalha, como sua mascote de estimação

Espada de Nilfhein

Uma espada do mundo dos mortos que a ajuda em batalhas

Fale Conosco

  • Facebook - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

+55 13 9 9630-6404

CNPJ : 29.160.823/0001-66

Sobre Nós

Somos o primeiro RPG textual existente de CHB aonde você pode ser filho de deuses de inúmeras mitologias, não se limitando a apenas greco/romana, largue esses RPG's com a mesma coisa e venha se divertir com a gente. 

Créditos

© Copyright 2019. Camp Half-Blood RPG Todos direitos reservados