HISTÓRIA 

O COMEÇO DE TUDO

No alto do inefável e transcendental, existia apenas o grande, inalcançavel, inexplicável, onipotente e supremo "Pai Celestial". Ele criou um reino inescrutável, perfeito de equilíbrio e poder criativo chamado de "Pleroma" , e em seguida criou duas formas arquetípicas de consciência chamadas aeons sendo elas Jesus e Sophia.
A mais jovem e aventureira chamada Sophia, desejava ver além do Reino de Plorama , e desejou sondar fora de Plorama . Cristo, seu consorte celestial, foi incapaz de refreá-la que prosseguiu com seu jeito aventureiro. Confusa por não ter nada além de Plorama, a mesma sem autorização do Pai criou a inexistência (Sheol) e em seguida a existência (Demiurgo) que surgiu como uma miníscula particula de luz em meio ao vazio.
Demiurgo espalhou sua graça pelo vazio, porém uma parte do vazio ficou sem a graça de Demiurgo, da falta da luz de Demiurgo surgiu um ser chamado Tehom que foi criado em meio as trevas consumindo um pouco da luz de Demiurgo devido ao pouco espaço que restou naquele vazio em que eles ocupavam.
Tehom e Demiurgo se unem e juntos derrotam o Sheol o governador daquele vazio, e consequentemente liberando a existência que estava presa dentro da inexistência.
Fora de Plorama, sentindo-se só e desamparada, ela vivenciou toda sorte de tormentos psíquicos inimagináveis. Paixão, pesar, medo, desespero e ignorância exsudaram do ser de Sophia como poderosas nuvens e se condensaram nos quatro elementos: água, terra, fogo e ar, assim como outros milhares de sentimentos que afetaram as duas entidades que estavam na inexistência.  Cristo é enviado pelo Pai para trazer Sophia de volta à totalidade (Pleroma). Ele a habilita a ver novamente a luz, dando-lhe o conhecimento do espírito (Pneuma).

AS BATALHAS PRIMEVAS

Demiurgo começa a criação do universo, cria vários mundos com criaturas para mostrar a Tehom que poderia haver mais do que apenas os dois, mas ela destruiu esses mundos com guerras, fome, pestes e mortes, como consequência surgem quatros fenômenos universais que são os quatro cavaleiros : Morte, Fome, Peste e Guerra.
Demiurgo tenta mais uma vez criar novos mundos, mas mais uma vez Tehom os destrói, no entanto um mundo específico Demiurgo consegue salva-lo e envia as criaturas para um local que ele criou chamado de "Purgatório" os deixando fora do alcance de Tehom. Demiurgo então sela três dos cavaleiros e retira a parte iluminada que existia em Tehom, gerando uma criatura chamada de Luz e deixando Tehom mais enfraquecida.
Demiurgo tenta convencer Luz de se unir a ele para que enfrentem Tehom, mas ela se nega, então Deus a enfrenta a derrotando e a selando.
Demiurgo tenta enfrentar Tehom mas falha, ele sabia que sozinho não conseguiria ter forças para dete-la, o Pai Celestial que considerou a ideia de Demiurgo de criar vidas algo postivo cria os cinco primeiros anjos : Lúcifer, Miguel, Gabriel, Rafael e Metatron para ajuda-lo a derrotar Tehom. Demiurgo estranhou o surgimento das criaturas, mas achou que eram suas criações e juntos deram inicio a guerra contra Tehom que criou seus deuses-monstros: Tanin, Enuma e Kingu e um exercito de soldados das trevas.
As "Batalhas Primevas" começa. Kingu cria a espada "Fogo Negro" e enfrenta Miguel, que utiliza a espada "Chama da Morte". Miguel vence a batalha e sela Kingu , ficando com sua espada. Gabriel enfrenta Tanin utilizando a espada "Flagelo de Fogo" contra a espada "Olho da Serpente" de Tanin. Gabriel vence a batalha e também sela Tanin. Lúcifer utiliza a espada "Raio de Aurora" para enfrentar Enuma, que utiliza a espada "Olhos Azuis". Lúcifer vence a batalha e sela Enuma. Rafael utiliza a espada "Espada da Cura" batalha contra o grande exército de soldados das trevas, Rafael vence a batalha e assassina os mesmos. Metatron não participa da batalha, ficando apenas escrevendo todos os acontecimentos em sua tábula sagrada. Demiurgo enfrenta Tehom diretamente. Demiurgo vence a batalha e manda Tehom  para um selamento eterno.
O Pai Celestial então resolve criar uma versão mais simplificada e menor de "Pleroma" para que os anjos pudessem viver lá e também cria outros anjos, todos os anjos acreditavam que quem fez tudo aquilo foi Demiurgo que se espanta com tudo aquilo, mas se declara o pai de todos os anjos com intenção de ter o controle. A expansão da matéria cria ''vincos cósmicos" no universo, dando origem a outros universos alternativos como Pollaris e Nidavellir, sob sigilo e com receio que algum dia todos os anjos se rebelassem contra ele, Dermiugo criou os sete arcontes que eram criaturas acima dos anjos, sendo estes : Abraxas, Iao, Sabaoth, Astaphanos, Adonaios, Elaios e Horaios que foram espalhados pelos universos criando inúmeras formas de vida e espalhando que Demiurgo era o Deus Supremo e criador de toda existência.

A QUEDA DE LÚCIFER

Após prender Tehom, Deus criou o paraíso e milhares de outros anjos, com o passar de bilhões de anos o anjo mais belo Lúcifer começou a invejar e desconfiar do poder de Demiurgo e começou a obter o desejo de ficar acima dele e de tudo, foi necessário mais de 1 bilhão de anos para que Lúcifer conseguisse influenciar boa parte do paraíso a se juntar a ele e tentar usurpar o trono de Deus para si próprio, Lúcifer desconfiava que Demiurgo não era  o verdadeiro Deus e desejava acabar com ele e ficar acima deste e do verdadeiro Deus. Demiurgo então convoca um exército do céu que foi liderado por Miguel que após cinquenta mil anos batalhado em uma guerra cósmica obteve a vitória contra seu irmão mais novo. 

Demiurgo então criou o inferno e jogou o diabo em uma jaula aonde ficou aprisionado, todos os anjos que lutaram com Lúcifer também foram jogados ao inferno, mesmo dentro de uma jaula o diabo conseguiu criar uma nova raça ao universo, os ''demônios'', esses se juntaram aos anjos caídos para tentar a libertação de seu líder.

A CRIAÇÃO DA TERRA

Então finalmente Demiurgo criou o planeta terra, porém não era o suficiente, ele criou uma espécie chamada de ''Duendes'' e concedeu um poder quase onipotente a essas criaturas para que elas pudessem irem desenvolvendo o planeta a seu gosto, Demiurgo também criou uma espécie chamada de ''Dinossauros'' eram criaturas semelhantes as que ele tinha criado nos princípios cujo foram apagadas por Tehom, por essa razão Demiurgo gostava muito delas, os Duendes começaram a sentir ciúmes dos dinossauros, e nesse momento foi aberto uma brecha para que o mal entrasse na terra, demônios e caídos obtiveram o acesso que precisavam e começaram a influenciar os Duendes a se revoltarem contra os dinossauros, os Duendes então criaram um meteoro super poderoso que extinguiu toda a raça de dinossauros e por consequência deixou a terra em uma situação catastrófica, Demiurgo se enfureceu e baniu todos os Duendes para uma outra realidade os trancando, os únicos resquícios dos dinossauros que restou foi os fosseis que ficaram nas profundezas da terra. 

A CRIAÇÃO DA HUMANIDADE

Demiurgo já tinha desistido da vida na terra após fracassar com os Duendes, quando o Pai Celestial resolve por conta própria reconstruir a terra, criar o Éden, e Adão. Demiurgo, mais uma vez se vangloriou dizendo que aquilo tudo era obra dele, e notando que Adão estava reclamando de estar se sentindo só o mesmo criou Lilith, que era falha e imperfeita e não aceitava ser de certa forma ''inferior'' a Adão e desertou o Jardim do Éden, Demiurgo desesperado ordenou para que anjos fossem atrás de Lilith para que ela retornasse ao Éden mas ela se recusou e se uniu a demônios e teve centenas de filhos com esses, assim surgiu os primeiros ''humanos-demônios'', Lilith foi levada ao inferno aonde recebeu um cargo gigantesco como rainha do inferno, ela foi um dos poucos seres que foi até a jaula aonde Lúcifer se encontrava preso e conversou com ele pessoalmente, o diabo ordenou para que ela retornasse ao Jardim do Éden e corrompesse Adão, ela foi parada pelo anjo Gadreel que guardava o local e o convenceu que estava arrependida o enganando e entrando no Éden mais uma vez, ao entrar ela notou que Adão teria uma nova companheira criada pelo Pai Celestial e então com seus poderes concedidos por Lúcifer possuiu uma serpente e enganou tanto Adão quanto Eva gerando a expulsão de ambos do Jardim. O arcanjo Rafael foi até o Éden aonde derrotou Lilith e a expulsou a mandando para o inferno a tornando um demônio de forma definitiva, o mesmo também mandou Gadreel para o inferno pelo seu erro fazendo o tornar um caído.
Demiurgo prosseguiu intervindo na vida dos humanos por muito tempo, que eram as criaturas favoritas dele no universo e mostrou sua face verdadeira que era de um deus egocêntrico, manipulador, narcisista e arrogante.

O SURGIMENTO DOS DEUSES PAGÕES

Os Duendes que se encontravam presos em uma realidade alternativa ainda possuíam um poder gigantesco e mesmo em outra realidade conseguiram criar outros seres na realidade normal para que esses atacassem Demiurgo como forma de vingança, esses seres criados pelos Duendes eram nada menos que os ''Deuses Supremos'' de cada panteão, os deuses não obedeceram os Duendes que por fim desistiram de sua vingança. Os deuses então foram criando outros deuses de forma sucessiva, eles entraram em um acordo que cada um ficaria com parte do planeta, os deuses pagãos foram se espalhando de forma tão rápida que criaram mundos próprios para eles como o Olimpo ou Valhala, vivenciaram guerras entre eles como a ''Guerra dos Titãs vs Olimpianos'' entre outros milhares de eventos, os demônios aproveitaram a brecha do mundo pagão para influenciar os humanos que aqueles deuses eram os criadores do universo, isso funcionou por milhares de anos até a chegada do cristianismo no planeta que foi aos poucos destruindo o paganismo. Demiurgo ou os anjos nunca guerrearam ou coisa do tipo contra os deuses pagãos, pois os pagãos nunca tentaram invadir o paraíso ou tomar o local de Demiurgo, muitos deles nem sabiam da existência de Demiurgo.

OS SEMI-DEUSES E O ACAMPAMENTO

Aos poucos a maioria dos deuses pagãos foram sendo esquecidos, mas isso não os matou, muitos deles se passaram por humanos pelo planeta tiveram filhos com outros humanos gerando os ''semi-deuses'', no começo era normal um semi-deus viver com os humanos como foi o caso de Hércules, mas com o passar do tempo e a tecnologia chegando não era nada normal alguém sair pelo centro de Atenas soltando raios ou voando, então foi criado inicialmente pelos deuses gregos o Acampamento Meio-Sangue para seus filhos e também o Acampamento Júpiter (versão romana), um local aonde os semi-deuses poderiam aprimorar suas habilidades e ficarem seguros de monstros ou coisas do tipo.

MIGRAÇÃO DOS NÓRDICOS E TODAS CULTURAS NO ACAMPAMENTO

Os deuses nórdicos e gregos sugeriram a ideia da criação de um torneio entre semi-deuses nórdicos e gregos, outros panteões foram convidados e participaram do torneio, no fim do torneio Lúcifer conseguiu se livrar de sua jaula, porém o diabo com ajuda do Arcanjo Miguel e de seus pais conseguiram mandar Satánas novamente para sua jaula, após o fim do evento e a soma dos pontos a classificação ficou com um empate entre os gregos e os nórdicos, então os deuses gregos e nórdicos chegaram a um acordo que era possível seus filhos viverem juntos, os semi-deuses nórdicos então foram morar no Acampamento Meio-Sangue, Quiron realizou um convite para outros diversos panteões, diversos desses aceitaram, alguns rejeitaram, e a cada dia que passa o Acampamento recebe um novo morador! 

SEPARAÇÃO DOS ACAMPAMENTOS 

O acordo que existia entre todos os acampamentos foi rompido, e os acampamentos foram separados, Deus optou por realizar uma extensão do território de Long Island, deixando do tamanho de um continente, e dividiu as terras para cada acampamento.

Fale Conosco

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Sobre Nós

Créditos

Somos o primeiro RPG textual existente de CHB aonde você pode ser filho de deuses de inúmeras mitologias, não se limitando a apenas greco/romana, largue esses RPG's com a mesma coisa e venha se divertir com a gente. 

© Copyright 2020. Camp Half-Blood RPG Todos direitos reservados