35a1734e-327d-45db-8b9c-03bfb6fe79c9.jpg
00:00 / 03:30

NICHOLAS YANNICK

CORAÇÃO ORGULHOSO

Tal como a matéria que o compõe sua persona é fria, a medida que o tempo passa menos traços de sentimentalismo passam a ser demonstrados por este ser. Apesar disto, orgulho e arrogância se mantiveram firmes em suas palavras e atitudes com o passar dos anos, o desprezo por aqueles que aceitam sua fraqueza e que se acomodam nesta, o que por sua vez também contribuiu para seu hábito de respeitar somente aqueles que possuem poder, chegando até mesmo a não pronunciar os nomes dos que considera "indignos". Não costuma dar muita atenção ao que lhe cerca, grande parte do mundo é entediante aos seus olhos gelados, mas é na batalha onde se encontra consigo mesmo, as lutas o alimentam e fortalecem, dá um sentido a sua vida mesmo que para alguns seja isto aparentemente vazio, mas para ele é isto o que o mantém de pé e aquece o seu coração com uma vigorosa chama.

CARACTERISTICAS 

NOME COMPLETO: Nicholas Y. Brimirewicz Eisriesen

DEUS: Ymir

ALTURA: 1,83

PESO: 84kg

ORIENTAÇÃO SEXUAL: Heterossexual

ESTADO CIVIL: Solteiro

NACIONALIDADE: Alemão

RAÇA: Semideus

10 PRINCIPAIS TÍTULOS 

Coração Orgulhoso

2° Genocida Do Gelo

O Canibal

O Sem Sentimentos

5° Orgulho Nórdico

Herói Da Atlântida

Ser Repugnante

Monstro

Deus Supremo

10° Imperador Supremo

HISTÓRIA 

Nos vilarejos próximos as grandiosas montanhas polonesas circulava a lenda de uma grandiosa montanha que de tempos em tempos se erguia e criava pernas. Contudo, não eram todos que acreditariam nas histórias dos bêbados que moravam nos arredores da imensa montanha, contudo, o mover das montanhas não era a única coisa relatada naquela região, boatos cabelos loiros de uma mulher entre as árvores e cavernas da região. A cegueira para o que lhes cerca era apenas uma benção aos humanos frágeis daquelas terras, a ignorância não os permitia notar as batalhas que aconteciam de tempos em tempos entre as valquírias e a famosa "Montanha Que Se Move". Contudo, era praticamente impossível para elas vencerem uma batalha contra um ser primário, inevitavelmente o resultado dessas batalhas era nada muito diferente de um grandioso banquete para o Jötunn, gerando inverno prolongado naquela região do país, porém, a valquíria nomeada Adelajda sobreviveria a estes brutos combates todas as vezes. Um padrão que não demorou até ser notado ante as demais valquírias, os olhos do Pai De Todos se atentaram ao que Heimdall já havia notado a tempos, Adelajda havia quebrado o "sagrado" e cedido as vontades do grandioso Ymir. E o pior, carregava em seu ventre um de seus descendentes. A frágil linha que impedia que uma grande guerra viesse a acontecer entre os Gigantes de Gelo e os Deuses de Asgard ficou próxima a se romper. O Jötunn notou isto com rapidez, desaparecendo daquela região rapidamente, não deixando mais rastros para trás.
               A desgraça caiu sobre a antiga valquíria, sim, antiga, a divindade interior nesta havia desaparecido e por meses fora perseguida por suas irmãs. Porém, a cada mês de sua gestação ficaria mais difícil para ela escapar das guerreiras aladas de Odin. A ajuda veio quando pensou não ter mais saída, um utensílio caiu aos seus pés deixado por um homem de pequena estatura, estranhamente o conhecia e confiou na pulseira deixada por aquele que forjou sua lâmina. Isso permitiu então que o jovem Nicholas viesse a nascer nas terras da grandiosa Alemanha, por onde passaria os primeiros anos de sua vida juntamente a sua mãe, pelo menos até a porta de sua casa ser arrombada por aquele mesmo homem. O nervosismo evidente do homem rapidamente contagiou Adelajda, a pulseira havia perdido seu efeito. Uma horda de guerreiras cobriu aquele recinto e rapidamente avançaram contra o garoto Nicholas, o matando com uma espada em seu coração naquele momento. A vitalidade e espírito da criança pouco a pouco foram sendo atraídas pela espada, retirando-lhe a cor dos cabelos e tornando sua pele azul pela primeira vez azul. Estava morto diante de sua mãe e esta ciente de que não poderia escapar daquele destino final fez uma última súplica ao Pai de Todos, entregaria sua vida pelo retorno de sua criança. Um raio foi o sinal de que o pedido fora aceito por Odin, porém, caindo de imediato sobre o corpo da mulher e no mesmo momento revivendo o garoto que agora era um órfão. Contudo, a resolução disto não era esta, as valquírias avançaram mais uma vez contra a criança, mas antes que pudessem tentar fazer algo este havia desaparecido juntamente ao cadáver de sua mãe e o anão.
               Svartalfheim não era um bom ambiente para humanos, mas para um dos descendentes de Ymir foi nada mais que uma viajem enjoativa a qual se acostumou em poucos meses. Não era o que precisaria para se desenvolver como um humanos, mas era o que tinha, os anões foram o que teve mais próximo de ser uma família, lhe ensinaram tudo o que precisava saber sobre os humanos, até mesmo sobre sua ciência ultrapassada e um pouco sobre a magia que usavam, porém, de longe o maior ensinamento que deram ao garoto fora sua auto-suficiência e ignorância, se tornou orgulhoso a medida que sua força crescia, chegando a um ponto onde pôde se juntar as atividades da forja. Enquanto sua força crescia seus cabelos iriam voltando a ter cor, indo de um ponto completamente branco ao platinado, do platinado ao loiro e do loiro aos tons escuros e opacos que se tem hoje. Atingindo a maior idade sabia que era a hora de ir ao acampamento, ficaria seguro lá, mas no momento em que saísse daquele mundo sujo seria perseguido pelas guerreiras de Odin. Bom, estamos aqui agora, o resultado da batalha é presumível. Por suas raízes polonesas adotou o nome de seu pai, mas por seu nascimento alemão receberia um nome criado por si mesmo, sendo chamado agora de Eisriesen, O Gigante de Gelo.

Melhores Amigos

.

Familiares

Pérsia Savonnarmus

Aurora Asknes

emblemas

Fale Conosco

  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

Sobre Nós

Créditos

Somos o primeiro RPG textual existente de CHB aonde você pode ser filho de deuses de inúmeras mitologias, não se limitando a apenas greco/romana, largue esses RPG's com a mesma coisa e venha se divertir com a gente. 

© Copyright 2020. Camp Half-Blood RPG Todos direitos reservados