O PAI DE TODOS

          HISTÓRIA          

Odin ou Ódin (em nórdico antigo: Óðinn) é considerado o deus principal do clã dos deuses Asses (Æsir), o clã mais importante de deuses da mitologia nórdica e nas crenças das religiões neopagãs nórdicas, como a Ásatrú. Também é conhecido como "Pai de Todos" e "O enviado do Senhor da Guerra".[1][2][3]

Seu papel, como o de muitos deuses nórdicos, era complexo; era o deus da sabedoria, da guerra e da morte, embora também, em menor escala, da magia, da poesia, da profecia, da vitória e da caça. Era sobretudo adorado pelas classes sociais superiores.[1][2][4]

Odin morava em Asgard, no palácio de Valaskjálf, que ele construiu para si, e onde se encontra seu trono, o Hliðskjálf, onde podia observar o que acontecia em cada um dos nove mundos, graças aos seus dois corvos Hugin e Munin. Durante o combate brandia sua lança, chamada Gungnir, e montava seu cavalo de oito patas, chamado Sleipnir.[4][5]

Era filho de Borr e da jotun ("gigante") Bestla, irmão de Vili e ,[6] esposo de Frigg e pai de vários dos deuses asses (Æsir),[7] tais como ThorBaldrVidar e Váli.[3] Na poesia escáldica faz-se referência a ele com diversos kenningar, e um dos que são utilizados para mencioná-lo é Allföðr ("pai de todos").[8]

Como deus da guerra, era encarregado de enviar suas filhas, as valquírias, para recolher os corpos dos heróis mortos em combate,[9] os einherjar, que se sentam a seu lado no Valhalla de onde preside os banquetes. No fim dos tempos Odin conduzirá os deuses e os homens contra as forças do caos na batalha do fim do mundo, o Ragnarök. Nesta batalha o deus será morto e devorado pelo feroz lobo Fenrir, que será imediatamente morto por Vidar, que, com um pé sobre sua garganta, lhe arrancará a mandíbula.

     FILHOS DE ODIN     

Aparência:  Olhos claros de pureza extrema, cabelos escuros de textura lisa e uma pele de clareza puralina,  são os traços que mais distinguem os filhos de Odin.
As suas feições, no entanto, são acompanhadas  por expressões severas e rígidas, como também por uma fisionomia de alta resistência e autoridade.   
​Por vezes apresentam ligeiras sardas no nariz. 


Personalidade: Com um instinto de liderança inigualável, os filhos de Odin são os melhores no que toca a comandar.
Conseguem ser autoritários e independentes de formas invejáveis, manejando de forma extrema a arte de decisões.
São leais e frios, mantendo a sua distância para com desconhecidos.

         HABILIDADES       

Poderes Passivos
 

Força Melhorada

 

Nível 1-10: Consegue destruir ferro com sua força.

 

Nível 11-25: Consegue destruir aço com sua força.

 

Nível 26-35: Consegue destruir titânio com sua força.

 

Nível 36-50: Consegue destruir diamante com sua força.

 

Nível 51-99: Consegue destruir adamantium com sua força.

 

Nível 100-150: Consegue destruir vibranium com sua força.

 

Nível 151-200: Consegue destruir ferro divino com sua força.


 

Velocidade Sobrenatural

Nível 1-10: Pode se mover a 400 km/h.

Nível 11-25: Pode se mover a 800 km/h.

Nível 26-35: Pode se mover a 1200 km/h.

 

Nível 36-50: Pode se mover a 1600 km/h.

 

Nível 51-99: Pode se mover a 2000 km/h.

 

Nível 100-150: Pode se mover a 2400 km/h.

 

Nível 151-200: Pode se mover a 2800 km/h.

Nível 201-250: Pode se mover a 3200 km/h.

Nível 251-300: Pode se mover a 3600 km/h.


 

Poço do Conhecimento

Após sacrificar um de seus olhos, Odin fora capaz de adquirir um tremendo conhecimento, o qual o tornou totalmente diferente dos demais deuses, sendo um dos motivos por ter se tornado o mais sábio entre as deidades nórdicas. Suas proles também herdaram esse grande conhecimento que lhes beneficia completamente.

Nível 100: O Filho de Odin, inicialmente, adquire um grande conhecimento sobre tudo o que há no país em que está, entendendo e compreendendo sobre todas as disciplinas e criaturas. Sabendo toda a história daquele local.

Nível 101-150: O poço não só forneceu um grande conhecimento cósmico, mas também uma grande consciência cósmica, conseguindo perceber tudo ao redor. 

Nível 151-200: Em seu auge o mesmo adquire a necrosciência, sabendo como, onde e quando os seres morreram/morrerão; conhecendo os motivos e as razões que o levaram/levarão a esse destino.

Obs.: Quando adquire o conhecimento cósmico, a prole pode enlouquecer devido ao excesso de informações que passa a receber constantemente.


 

Corpo Aprimorado

É dito que Odin sempre oferecia as suas refeições aos seus lobos de estimação Geri e Freki, pois o mesmo não precisava se alimentar para sobreviver. 

Nível 1: As necessidades fisiológicas das proles de Odin são tão mínimas que as mesmas nem necessitam se preocupar com elas, não precisando se alimentar, descansar, ou respirar o tempo todo, conseguindo ficar meses, ou até mesmo anos, sem necessitar realizar esses tipos de necessidades e ainda se manterá forte e energizado. Seu corpo, mesmo que viva uma vida desajeitada, nunca perde a boa forma, tendo um vigor muito maior que seus inimigos.


 

Woden's Day 

É muito comum as divindades nórdicas possuírem o nome de um dos sete dias da semana, sendo que Odin possui o nome de Wednesday (quarta feira). 

Nível 1-50: Caso as proles de Odin venham a ser mortas no quarto dia da semana, as mesmas poderão retornar a vida ao final do dia. — 1 vez por semana.

Nível 51-100: Caso essas proles venham a ser apagadas da existência em uma quarta feira, as mesmas serão recriadas no final do dia. — 1 vez por semana.

Nível 101-150: A prole de odin, durante o quarto dia da semana, terá direito a um desejo (que todos os deuses nórdicos lhe concederão), podendo pedir qualquer coisa (esses desejos não podem ser coisas que estejam além das capacidades dos deuses). — 1 vez por semana.

Ps: O desejo precisa ser validado por um adm.


 

Pai de Todos 

Odin era considerado entre os deuses o mais sábio e também o pai de todos. Suas proles, assim como seu pai, possuem um enorme respeito para com todos os nórdicos.

Nível 1-30: Inicialmente, as proles de Odin adquirem um pequeno respeito entre os nórdicos.

Nível 31-60: As proles de Odin agora demonstram possuir um respeito maior entre os nórdicos, sendo capazes de pedir simples favores a eles, sendo que os mesmos podem ou não querer fazê-los.

Nível 61-90: A prole agora consegue o respeito total de semideuses de divindades menores como Idun, Vali etc, podendo dar ordens nesses meios-sangue as quais sempre a realizarão.

Nível 91-120: A prole consegue agora dar ordens em meios-sangue de divindades maiores como Baldur, Thor, Vidar etc.

Nível 121-150: Em seu auge, a prole é reconhecido pelos deuses, sendo um bom representante do pai de todos, sendo que todos os deuses nórdicos lhe respeitam e o mesmo consegue dar ordens irrecusáveis aos meios sangue nórdicos. Possuindo uma aura azulada envolta de seu corpo, a qual causa uma poderosa pressão física e mental naqueles que resistem a prole ou não querem realizar o que foi mandado (meios-sangue com um nível maior que a prole conseguem resistir, tendo a opção de realizar ou não).

Ps: O mesmo não consegue dar ordens em filhos de Loki, Hel, Fenrir, Angurboda, Alfadur e Jormugandr.

Resistência do Deus da Guerra

Eram poucas as vezes em que o deus da guerra era ativo em um combate. Seu corpo era extremamente resistente sendo o maior entre os aesir. Suas proles também não serão diferentes, sendo extremamente resistentes e possuindo um corpo bastante durável em seus combates.

Nível 1-40: A prole de Odin demonstra uma grande resistência física que a impede de ser facilmente afetada por sangramentos, perfurações, entre outros danos, ou impactos no corpo, sendo que adquire resistência a dor, e a alterações climáticas, podendo lutar em lugares extremamente gélidos ou extremamente quentes.

Nível 41-80: A prole de Odin agora possui uma imunidade a contaminantes, não sendo afetado por vírus, doenças, deformações corporais, bactérias e etc. Se mostra imune aos efeitos oferecidos por venenos, radiações, toxinas e etc. Seu corpo também possui resistência pulmonar conseguindo passar grandes períodos de tempo debaixo d'água ou também no ar.

Nível 81-120: A prole de Odin demonstra uma resistência mental, contra leitura psíquica, invasão mental ou controle mental, possuindo também uma grande resistência mágica, além de também uma certa adaptação em combate conseguindo suportar alterações gravitacionais, permitindo que seu corpo continue ativo em combate.

 

Nível 121-160: A prole de odin demonstra uma resistência contra os elementos fogo, água, terra, ar; possuindo uma resistência contra energia e ataques que envolvam manipular seu corpo internamente ou externamente.

 

Nível 161-200: A prole de Odin adquire uma grande resistência contra explosões de energia e até mesmo contra ataques cósmicos.


 

Regeneração 

 

As proles de Odin possuem uma boa capacidade de regeneração conseguindo se recuperar dos maiores tipos de ferimentos.

 

Nível 1-10: A prole consegue se recuperar de pequenos cortes e simples ferimentos/danos.

 

Nível 11-25: A prole consegue se recuperar de cortes e ferimentos externos maiores. Conseguindo se recuperar de perfurações mais extensas.

 

Nível 26-35: Consegue se recuperar de queimaduras e grandes ferimentos, conseguindo se recuperar de sangramentos extensos e até mesmo de hemorragias.

 

Nível 36-50: Consegue se recuperar de grandes danos no corpo isso inclui a perda de membros pequenos, como orelhas, olhos, dedos e etc.

 

Nível 51-99: Pode regenerar grandes partes do corpo isso inclui órgãos, e membros do corpo incluindo partes vitais do corpo como o pulmão.

 

Nível 100-150: Pode agora se recuperar de simples danos mentais, não conseguindo se recuperar de danos extensivos.


 

Classes Sociais

Odin era adorado pelos mortais de todas as classes sociais principalmente as que estavam acima das demais.

Nível 1-50: Guerreiro Viking — As proles de Odin possuem um grande conhecimento sobre estratégias, possuindo a capacidade de enxergar as fraquezas de seus inimigos, conseguindo adivinhar com clareza seus próximos movimentos através da pura percepção, sabendo exatamente como ele irá se mover fisicamente, tendo conhecimento de todo o território em que estiver. Recebe 30% de aumento em suas capacidades físicas.

Nível 51-100: Escravo — Possuem uma grande astúcia, conseguindo escapar das mais diversas prisões, dimensões ou realidades, conseguindo enxergar sinais, padrões, hábitos etc, sabendo exatamente a hora certa de se mover. Adquirindo um aumento de 50% de inteligência e agilidade.

 

Nível 101-150: Lorde Viking — Possuem a capacidade de enxergar mais além do que qualquer guerreiro normal poderia, conseguindo ver coisas que outros seres não podem, como o invisível por exemplo. Possuindo um aumento de 75% em suas habilidades oratórias (incluindo feitiços e coisas do tipo) sendo capaz de enganar outros seres facilmente através de suas conversas. Quando a prole estiver necessitando de ajuda instantaneamente um exército de 100 guerreiros irá surgir, todos serão extremamente fortes. 

 

Nível 151-200: Rei Viking — A prole adquire um aumento de 100% em suas energias possuindo o dobro da energia normal que um semideus possuiria normalmente, sendo que nesse nível seus poderes possuem 3x mais a capacidade que normalmente possuem.


 

Proteção Mental

Nível 20: Por possuir um grande conhecimento sobre o universo em si e tudo relacionado ao mesmo, essas proles foram abençoadas por seu pai, onde qualquer um que tente adentrar a sua mente, se perderá completamente na mesma por 2 rodadas inteiras, não conseguindo sequer entender o que há dentro da mente da prole, sendo tudo em escrituras rúnicas que somente a prole pode ler. A vítima tem seu corpo totalmente exposto e vulnerável a ataques.



 

Poderes Ativos



 

Canto Mortal

O filho do Deus da poesia é capaz de emitir um som mortífero para seus oponentes, causando-lhes alguns efeitos.

Nível 1-10: Inicialmente, o som causa em suas vítimas dores de cabeça fortes, como se o som estivesse extremamente alto em sua mente ao ponto de estourar seu crânio.

Nível 11-25: O som agora é capaz de causar dores musculares por todo o corpo dos seus oponentes.

 

Nível 26-35: O som agora é capaz de causar em seus oponentes doenças, o deixando extremamente debilitado ao ponto de não conseguir lutar direito.

 

Nível 36-50: O canto agora é capaz de neutralizar os cinco sentidos dos ouvintes.

Nível 51-99: Seu canto é capaz de matar aqueles que o ouvirem.


 

Área Sacrificial

Em grande parte o culto de Odin se deu mais através dos vikings realizando diversas cerimônias de sacrifícios em homenagem ao deus nórdico. Suas proles são capazes de criar envolta de seus inimigos um círculo místico  o qual a prole pode definir seu tamanho, comprimento e sua largura, livremente, sendo que todos aqueles que estiverem dentro do círculo não conseguirão sair a menos que a prole deseje ou sobrevivam à cerimônia sacrificial.

 

Nível 1-50: Perfuração — Uma vez que a cerimônia é iniciada, ocorre a primeira cerimônia sacrificial sendo esta a perfuração, onde a vítima tem seu corpo perfurado pela Gugnir (não importa onde o mesmo esteja dentro do círculo ele não conseguirá escapar da morte). A perfuração é tão profunda que não importa o quão denso ou resistente seu corpo seja, a lança lhe perfurará negando regeneração e poderes de cura, matando-o no mesmo instante.

 

Nível 51-100: Ferimento — A prole pode optar por realizar a segunda cerimônia sacrificial onde a vítima ou as vítimas possuem seus corpos perfurados por milhares de lâminas invisíveis as quais gerarão incontáveis danos no corpo, sendo estes extremamente graves, levando a vítima à morte devido aos ferimentos.

 

Nível 101-150: Envenenamento — O corpo da vítima fica extremamente mal, possuindo diversos tipos de venenos e doenças, morrendo de uma maneira bastante agonizante.

 

Nível 151-200: Fogueira — Toda a região do círculo começa a pegar fogo, incendiando todo o local, acabando por matar a vítima queimada viva e totalmente indefesa.

Nível 201-250: A Forca — essa cerimônia sacrificial faz um grande mastro ser criado atrás da vítima e, em seguida, em seu pescoço uma corda se prenderá, enforcando-o até a morte.

Nível 251-300: Águia de Sangue — A prole, através de um sinal de mão, faz a vítima dentro do círculo se deitar com o peito para baixo e, logo em seguida, magicamente, mãos mágicas são criadas e são feitas incisões na altura do tórax onde as mãos terão acesso as costelas que eram separadas da coluna vertebral, com a figura resultante na semelhança com as asas de uma águia. Desta maneira, os pulmões eram removidos da caixa torácica. Todo o processo era executado com a vítima viva e consciente. Para finalizar, era polvilhado sal nas feridas e aguardava-se que o condenado morresse. Sendo que antes dele morrer, dois mastros de ferro divino são criados atrás da vítima, onde as mãos o penduram nos mastros com as próprias entranhas que magicamente são endurecidas para suportar o peso do corpo da vítima.

PS: Uma vez preso dentro do círculo, a vítima estará vulnerável às cerimônias de sacrifícios.


 

O Mago

Odin era um mago extremamente poderoso conseguindo se rivalizar com muitos dos deuses existentes, sendo que o mesmo não só sabe magias aesir mas as vannir também. Suas proles também não ficam por fora, sendo excelentes magos e possuindo diversas magias.

 

Nível 1-40: Inicialmente a prole demonstra apenas algumas capacidades mágicas, conseguindo realizar viagens astrais (conseguindo usar seus poderes livremente), transmutar seu corpo ou qualquer outra matéria em qualquer outra coisa. Nesse nível, o mesmo adquire duas das habilidades mágicas dos Vannir, que é capacidade de falar, ler, entender e compreender qualquer tipo de língua existente e de utilizar da linguagem mágica que permite a prole tornar real aquilo que o mesmo lê, ou imagina.

 

Nível 41-80: A prole de Odin agora adquire controle sobre o mana, conseguindo gerar, manipular e moldar o mana, quanto mais energia mágica utilizada, mais potente a maldição será

 Adquire também a capacidade de criar feitiços e encantamentos. Adquirindo nesse nível uma segunda magia Vannir, que é a magia sexual, a qual permite o mesmo controlar as diversas fases do sexo, até mesmo utilizar da energia sexual, conseguir mudar o seu gênero e entre outras capacidades.

 

Nível 81-120: Adquire agora a capacidade de conjurar maldições ao canalizar sua própria energia mágica, logo criando runas no corpo do amaldiçoado, simbolizando a sua maldição. Também consegue utilizar de outra magia Vannir, que é a magia da natureza, a qual a prole demonstra capacidade sobre toda a fauna e a flora, conseguindo utilizar dela aos seus gostos incluindo os próprios elementos.

 

Nível 121-160: Em seu auge, a prole desperta a mais poderosa magia de seu pai, que é magia das runas. A prole conhece todo tipo de runas, possuindo a capacidade de negar, alterar ou até desfazer runas ou encantamentos criados por outros meios sangue, podendo criar suas próprias runas, sendo que essas runas podem realizar quase todo tipo de fim mágico, quanto mais energia mágica o mesmo utiliza nas suas runas, mais poderosa ela pode ser, conseguindo criar runas para fins ofensivos, defensivos e para fins de suporte. Consegue criar armadilhas, runas de restauração, runas de destruição, runas de ilusão, runas de conjuração e etc.


 

Bênção de Odin

O filho de Odin se mostra capaz de invocar durante seus combates os itens que um dia foram usados por seu pai.

Nível 1-10: A prole de Odin possui em seu dedo um anel de ouro chamado Draupnir, o qual permite a prole criar clones de qualquer coisa que ele queira (caso seja uma pessoa ou matéria inanimada, o mesmo precisar tocar fisicamente). Podendo criar até 10 clones.

 

Nível 11-25: O Filho de Odin possuirá consigo o belíssimo corcel de seu pai que sempre lhe ajudará. Sendo completamente cinza e extremamente belo. Esse cavalo consegue levar a prole de odin para qualquer um dos mundos da Yggdrasil. A velocidade do mesmo é o triplo da velocidade da prole, podendo correr pelo ar também, simulando um vôo (até mesmo pelo universo) sendo que a prole se mostra protegida de efeitos fisiológicos durante suas viagens.

 

Nível 26-35: A prole possui consigo dois corvos chamados de pensamento e memória, ambos possuem um elo mental com a prole, assim como os lobos voraz e o ganancioso. A prole pode perceber tudo através dos sentidos desses animais, além de seus corvos serem capazes de ir para outros mundos e sempre lhe informarem o que está acontecendo, a prole também pode falar através desses corvos. Esses corvos podem ser usados em combates, conseguindo utilizar de ataques sombrios e de trevas, além de conseguir aumentar ou diminuir o seu tamanho. Já os seus lobos podem aumentar o seu tamanho, além de também conseguirem comer qualquer tipo de matéria, sendo que eles conseguem controlar a eletricidade e realizar ataques potentes contra seus inimigos. Caso os lobos e os corvos venham a ser mortos ou destruídos eles voltaram a vida caso a prole deseje. Pode também convocar inúmeros corvos ou lobos para lhe ajudar durante o combate, podendo até se desfazer em corvos ou lobos durante combate para evitar ataques.

 

Nível 36-50: A prole possui consigo a belíssima lança gugnir, sendo que tal lança possui algumas capacidades, sendo uma delas perfurar seus oponentes, além de nunca errar os seus ataques, não importa o quão impossível seja, podendo desafiar as leis da física, alteração de probabilidades etc (caso se teleporte, ela irá o perseguir, não importa para onde vá), podendo perfurar até mesmo seres em formas mimetizadas ou intangíveis. A lança também serve como um canal para seus próprios poderes, conseguindo os manifestar na lança contra seus adversários, a prole é a única que pode segurar a lança, sendo extremamente pesada para outros (o mesmo também pode a convocar e controlar ela telecineticamente). Todos aqueles que são mortos pela lança se tornam tributos a prole que se fortalece através disso. Pode lançar rajadas de energia divina contra seus inimigos, além de poder lançar a lança contra seus adversários e a mesma só irá parar quando perfurar o mesmo, uma vez perfurado seu corpo morrerá.

 

Nível 51-99: A prole possui em seu corpo a armadura nórdica de Odin, que lhe oferece um aumento nas suas capacidades físicas, possuindo a capacidade de controlar os elementos através dessa armadura, controlando o água, o fogo, o ar, a terra, raios etc. A sua armadura também possui um ascendente em sua cintura que ao ser acionado consegue anular a gravidade ou até mesmo alterar a gravidade em uma determinada área. Possuindo também a capacidade de se mover tão rápido quanto um raio, podendo aumentar ou diminuir seu tamanho e lançar contra seus adversários rajadas de energia cósmica. Possui consigo um escudo nórdico capaz de refletir os ataques de seus oponentes com o dobro do poder.

 

Nível 100-150: Em seu auge, a prole possui consigo a belíssima espada de seu pai, uma arma formidável capaz de cortar qualquer coisa, desde a energia, magia, átomos, almas, dimensões e etc. A espada também consegue absorver energia através de seus cortes e utilizar para disparar poderosos ataques de energia.


 

Modo Beserker

Odin era considerado um deus da guerra e o grande líder dos exércitos Eihenjars. Suas proles se mostram grande guerreiros, possuindo uma bênção concedida por seu próprio pai. Ao adentrarem a este modo, todas as suas vestes superiores se rasgam e todo o seu corpo é coberto por runas mágicas que não podem ser controladas. A prole atinge um estado de pura concentração no combate ignorando emoções e sentimentos como a dor o medo e qualquer coisa do tipo, ele deixa de se importar com seus aliados sendo tomado pelo combate, ignorando lesões que as runas acabam negando seus ferimentos impedindo que a prole venha a se sentir incomodado por elas, suas capacidades físicas são extremamente ampliadas permitindo a prole lutar ao máximo, sendo comparado a um berserker nesse modo, sendo tão poderoso quanto um exército inteiro de semideuses.
 
Nível 1-20: Ao ativar esse modo, a prole adquire uma força capaz de destruir um bairro inteiro, sendo capaz de se mover a 500 km/h. Nesse modo as runas em seu corpo acabam lhe fornecendo algumas habilidades. A primeira delas será que a cada golpe físico que der nos seu inimigo, irá roubar um pouco da sua energia, da sua força até o deixar esgotado, assim, podendo conceder à prole até o dobro da sua força nesse estado.

Nível 21-40: Ao ativar esse modo, a prole adquire uma força capaz de destruir uma cidade inteira, sendo capaz de se mover a 1000 km/h. Agora, as runas irão gerar uma aura que ao fazer a prole receber dano, faria o inimigo receber dano equivalente.
 
Nível 41-60: Ao ativar esse modo, a prole adquire a força para destruir estados, sendo capaz de se mover a 1500 km/h. Agora, no momento que se transformar, a prole sugará toda energia dos seres vivos (fauna), convertendo em força para si, podendo ficar até 4 vezes mais forte que originalmente.
 
Nível 61-80: Ao ativar esse modo, a prole adquire a força para destruir um país inteiro, sendo capaz de se mover a 2000 km/h. O corpo da prole de Odin atinge um estado de invulnerabilidade externa, não sendo danificados por habilidades externas.
 
Nível 81-100: Ao ativar esse modo, a prole adquire a força para destruir metade de um continente pequeno, sendo capaz de se mover a 2500 km/h.
 
Ps: Esse modo dura apenas 5 rodadas. Uma vez por evento.


 

Guerreiros e Exércitos

Odin tem guerreiros que são trazidos ao seu palácio especial, Valhalla. Os guerreiros seriam chamados pelo deus para lutarem o Ragnarok, mas a prole terá a capacidade de clamar pela ajuda dos guerreiros mais fortes, a elite de Valhalla para lhe ajudar em combate, cada um deles acompanhado de um exército a seu serviço.

 

Nível 1-30: O exército da elite terá 10 membros. O primeiro guerreiro é Beowulf. O guerreiro terá força três vezes melhor que a prole, pois é dito que derrotou um monstro de mãos nuas. Ele também terá em suas mãos uma espada especial criada para matar gigantes, então ela causará até 3 vezes mais danos nos inimigos que tenham origem de gigantes ou similares. Os membros de seu exército serão berserkers, tendo a força equivalente ao do guerreiro e uma fúria incontrolável, o que os fará continuar lutando independente dos seus ferimentos, parando somente após morrerem.

 

Nível 31-60: O exército da elite terá 30 membros. O segundo guerreiro é Bjorn. O guerreiro terá uma resistência 4 vezes melhor que a prole, bem como uma resistência que é 4 vezes mais eficaz e rápida, podendo curar ferimentos profundos e regenerar membros em questão de segundos. Os membros de seu exército serão saqueadores, tendo velocidade com o dobro da prole e portando adagas com as quais podem superar até mesmo a resistência da prole, especialistas em ataques rápidos e precisos. Por serem saqueadores, darão o dobro de dracmas para a prole (precisa invocar esse exército na missão para conseguir esse benefício).

 

Nível 61-90: O exército da elite terá 60 membros. O terceiro guerreiro é Starkadr. O guerreiro terá 8 braços, podendo ter uma arma em cada, e terá todas as características de um Jotunn descritas em deuses/gigantes da mitologia. Ele terá grande conhecimento sobre lutas, especialmente duelos, onde será muito difícil de vencê-lo em combate a não ser que se corte seus braços. Os membros do seu exército serão gigantes de gelo,  detentores de força até 3 vezes a da prole e capacidades de manipular o frio.

 

Nível 91-120: O exército da elite terá 90 membros. O quarto guerreiro é Ragnar. O guerreiro terá uma roupa que lhe torna imune a ataques de fogo, bem como terá uma espada que está banhada em veneno das serpentes que o mataram, toxina capaz de necrosar o ferimento e fazer o inimigo ficar mais fraco. O seu exército é de um grupo de guerreiros cruéis e implacáveis que atacarão seus inimigos sem dó nem piedade, atacando até mesmo juntos o mesmo inimigo se isso significar o matar.

 

Nível 121-150: O exército da elite terá 120 membros. O quinto guerreiro é uma dupla de irmãos de juramento, Hjalmarr e Orvar-Oddor. Os guerreiros tinham habilidades equivalentes, sendo seus atributos iguais ao dobro dos da prole, sendo mestres no manejo de armas, podendo fazer movimentos impossíveis com qualquer arma que tenha em mãos. Eles fizeram um pacto de sangue para se tornarem irmãos, por isso quando um deles for morto, o sobrevivente irá se fortalecer, todos os seus atributos serão multiplicados 5 vezes para vingar seu irmão. O seu exército são guerreiros vikings que possuem armaduras e armas resistentes, sendo altamente hábeis com armas.

 

Nível 151-180: O exército da elite terá 150 membros. O sexto guerreiro é Eiríkr. O guerreiro foi o colonizador da Groenlândia, sendo um explorador e o primeiro descobridor da América do Norte, o que lhe dá imunidade a ataques que envolvam frio e gelo, assim como que envolvam o mar e a água. O seu exército terá características similares do Eiríkr, não importando quanto mais forte o inimigo, resistindo a maioria dos ataques destes até de seres tão fortes quanto os três grandes gregos.

 

Nível 181-210: O exército da elite terá 180 membros. O sétimo guerreiro é Sigmund. O guerreiro possui uma espada especial a qual pode superar a resistência da prole e também emitir uma forte luz que cega os seus inimigos. O seu exército serão guerreiros vikings normais, exceto pelo fato de que estes terão a capacidade de se transformar em lobos.

 

Nível 211-240: O exército da elite terá 210 membros. O oitavo guerreiro é Volsungo. O guerreiro terá uma grande capacidade de resistência, por ter nascido após uma gravidez de 6 anos, além de poder resistir a mais danos que qualquer outro ser, além de ter uma força 3 vezes maior que a prole. O seu exército são guerreiros vikings comuns, mas eles continuarão lutando mesmo se perderem suas cabeças ou seus membros, sendo necessário destruir todo o seu corpo para ter efeito.

 

Nível 241-270: O exército da elite terá 240 membros. O último guerreiro é Siegfried. O guerreiro terá a mesma espada de Sigmund, mas ele próprio terá a característica de ser completamente invulnerável, exceto se acertar no ponto onde está o seu coração, sendo 3 vezes mais forte que a prole. O seu exército será guerreiros que poderão se transformar em guerreiros lagartos tendo uma alta resistência e sangue que é como um poderoso ácido capaz de corroer até Ferro Divino.

 

Observação: Cada exército só pode ser invocado 1 vez por evento, não podendo ser invocado enquanto outro exército estiver presente. Cada exército invocado permanecerá por 5 rodadas.


 

Unidade da Natureza

 

Nível 20: Odin usou da natureza para criar os primeiros humanos, e esse fato concede à sua prole um poder especial. Com a sua energia, a prole pode dar vida ao ambiente ao seu redor, fazendo a própria natureza atacar os seus inimigos, os prendendo, então os sacrificando aos espíritos da natureza. O ataque possui os danos causados sendo equivalentes à destruição de uma cidade. Enquanto o poder é executado, a prole se tornará 1 com a natureza, então será impossível lhe atacar a não ser que se torne um com a natureza também.

 

Obs.: Dura três rodadas.


 

Cosmocinese

Os Aesir eram ditos por serem os deuses que mantém o cosmos juntos, sendo filhos de um essas proles adquirem a capacidade de controlar a cosmocinese.

Nível 300: O filho de Odin é capaz de controlar e moldar em média escala. Lembre-se que você não é um Deus supremo por ter a cosmocinese.


 

Necromancia 

Odin era considerado também um deus da morte, portanto suas proles adquirem controle sobre a necromancia.

Nível 01-20: As proles de Odin inicialmente adquirem a capacidade de perceber e interagir com o plano espiritual, conseguindo convocar almas e seres espirituais para poder buscar conhecimento sendo que esses espíritos lhe informaram tudo o que queira saber, conseguem também se tornar intangível assim como espíritos, podem perceber o sobrenatural vendo invisíveis e também conseguindo detectar vida e energia. A prole também consegue reanimar cadáveres, conseguindo exercer alguma influência sobre a morte neste nível, conseguindo perceber quando alguém vai ou irá morrer, percebendo até mesmo quando estiver prestes a morrer agindo como um alerta que sempre alertará a prole durante seus combates, mesmo que ela não esteja o notando.
 
Nível 21-40: A prole agora consegue comandar os mortos vivos, conseguindo criá-los, controlá-los e até matá-los se quiser, conseguindo criar qualquer tipo de morto vivo, até mesmo draugrs; a prole também consegue causar e controlar a dor em suas vítimas apenas com um simples gesto de mão. Os filhos do deus da morte conseguem controlar, dominar, banir e destruir almas, espíritos, fantasmas e seres espirituais (caso este seja mais poderoso a prole não poderá dominar este muito bem), também exercendo poderes espirituais como se mimetizar em um espírito, conseguindo ficar invisível e até mesmo possuir outros seres. Uma habilidade interessante é que mesmo conseguindo exercer controle sobre os mortos a prole também consegue utilizar esses mortos vivos como um canal para seus poderes, conseguindo usar seus poderes sem estar no local devido, utilizando de um dos mortos que esteja.

Nível 41-60: A prole adquire uma melhor capacidade sobre a necromancia, conseguindo absorver a energia vital de suas vítimas; conseguindo neste nível utilizar da magia espiritual conseguindo controlar os espíritos que habitam o plano espiritual, conseguindo os convocar, os canalizar e até usar os seus poderes para seus próprios fins; sendo uma magia bastante poderosa pois não só permite a prole utilizar dos vários poderes espirituais mas também canalizar de seu próprio espírito para poder conjurar vários ataques de energia, acessando a capacidade de manipular a energia espiritual e vital e até mesmo controlar as almas podendo as absorver e usar como meio para aumentar seu poder temporariamente, podendo usar também para impedir que venha a ser morto ou apagado. Adquirindo controle sobre a magia espiritual.​
 
Nível 61-80: A prole ao chegar nesse nível se mostra ainda mais perito com a necromancia conseguindo agora se alimentar da aura das suas vítimas ou até mesmo absorver elas para si conseguindo a energia que compõe as auras de seus oponentes e usar elas como se fossem suas (incluindo o poder que ela concede, porém não é permanente durando no máximo 2 rodadas). Conseguindo neste nível manipular, gerar e moldar o ectoplasma, podendo também controlar o corpo de suas vítimas através de suas mãos e até mesmo controlar os fungos e os usar contra suas vítimas. A prole neste nível já adquire a capacidade de evitar a morte, através de um feitiço que o mesmo age naturalmente quando a prole corre perigo, onde ela consegue criar uma runa tanto na prole quanto em outro ser cujo ela já tocou fisicamente, onde ao invés da prole vir a morrer ou ser apagada será ela quem irá vir a ser apagada ou morta (1 vez por evento ou saga). Conseguindo também explorar mais profundamente a necromancia ao ponto de ser capaz de reviver outros seres (conseguindo até mesmo refazer o corpo desses seres, porém necessita que a alma esteja acessível).
 
Nível 81-100: A prole atinge o controle total sobre a necromancia, adquirindo controle sobre a morte em si, adquirindo a capacidade de controlar a morte, a induzindo de diversas formas, conseguindo usar a sua energia para produzir uma névoa negra e obscura a qual consegue matar qualquer coisa no raio de alcance; a prole também exerce domínio sobre a força da morte se tornando um excelente representante de sua mãe sobre a morte, onde a prole consegue também impedir que suas vítimas não consigam reviver. Adquire a capacidade de imobilizar outros seres conseguindo impedir que eles se movam tanto fisicamente, quanto espiritualmente nem mesmo a própria mente, se tornando um ser inanimado temporariamente (por até 3 rodadas). Em seu auge a prole adquire a capacidade de conjurar feitiços relacionados a necromancia, criando runas capazes de gerar efeitos únicos e entre outras coisas.

Obs: Consegue ressuscitar uma pessoa uma vez por evento.


 

Poderes Mágicos

Odin era uma divindade de imensos e inúmeros poderes, sendo extremamente apto com a magia e seus poderes. Suas proles também herdaram esses poderes.

Nível 1-10: As proles de inicialmente possuem a alteração de forma a qual permite ao mesmo alterar a sua forma como desejar, podendo assumir a forma de inúmeros tipos de seres, incluindo animais e criaturas; possuindo também a capacidade mágica de mover a matéria com as suas mãos conseguindo desmontar e remontar matérias menos complexas. Consegue também infringir dor em seus adversários ao levantar as suas mãos e as fechar, causando dor por todo o corpo ou em uma área só se a prole quiser.

 

Nível 11-25: A Prole de Odin consegue simular um impacto no corpo de seus oponentes fazendo seus corpos sentirem em uma determinada área impactos cinéticos, a qual podem ser bastante dolorosos. Conseguem também abençoar seus companheiros aumentando seus ataques em 30% obtendo um poder de ataque maior que o normal. Os filhos de Odin também são capazes de prevê duas rodadas a frente no futuro sabendo exatamente o que seu oponente fará.

 

Nível 26-35: A prole de odin adquire grandes poderes de cura, conseguindo curar os ferimentos e danos de seu corpo ou até mesmo de seus companheiros, por mais sérios ou graves que sejam ele conseguirá curar num instante (isso engloba curar toxinas, vírus, doenças e etc). Pode também materializar através da sua própria energia uma lança dourada a qual fica levitando no ar, a mesma parece ter vida própria pois sempre age independente dos sinais da prole, conseguindo lhe proteger e ao mesmo tempo atacar seus adversários conseguindo quebrar barreiras, aumentar a sua largura e tamanho, podendo também criar atritos em voltada lança conseguindo afetar até mesmo quando errar seus golpes. Essa lança pode desferir rajadas de energia mágica. A prole também pode criar envolta de sua mão uma aura mágica e logo ela pode causar em suas vítimas um sofrimento induzindo doenças e até mesmo tristeza.

Nível 36-50: A Prole de Odin pode agora enfraquecer as habilidades de seus inimigos desferindo pequenos projéteis em direção ao corpo da vítima ou na determinada habilidade onde essa rapidamente irá perder 25% de sua capacidade a cada projétil, sendo estes projéteis tão pequenos que se comparam a uma bactéria (caso acerte o oponente, ele perderá as energias). Pode através de gestos de mãos criar gaiolas mágicas envolta de seus adversários, onde aqueles presos têm suas energias esvaídas rapidamente e seus poderes falham pois o mesmo não consegue moldar sua energia para produzir habilidades ativas, a prole também pode fazer a gaiola se encolher até a um nível que ela deixe de existir matando seu oponente. Pode também controlar e gerar as chamas místicas que são capazes de queimar até mesmo a alma de seus adversários.

 

Nível 51-99: A prole adquire uma boa lábia conseguindo conversar telepaticamente com suas vítimas e até mesmo fazer elas executarem aquilo que tu ordena, podendo ser tanto falado oralmente ou telepaticamente na mente de suas vítimas. Pode também controlar e gerar o gelo místico capaz de congelar o corpo físico e a alma também. Além de induzir ilusões em suas vítimas.

 

Nível 100-150: Pode agora criar tanto em si mesmo quanto em seus adversários uma proteção divina ou podendo ser em forma de uma bênção ou em uma potente barreira mágica que não pode ser controlada por outros seres a qual lhe protege de qualquer tipo de ataque. Pode também fortalecer o corpo de seus aliados e até mesmo restaurar as energias e vigor dos mesmos, conseguindo aumentar suas capacidades em até 10x a mais que o normal, podendo também projetar esferas obscuras capazes de desintegrar qualquer coisa  que ela entre em contato incluindo seres astrais.


 

Odin Force

Ao se transformar, seria coberto de roupas pesadas e que cobrem todo o seu corpo, não deixando nada de fora. Seu rosto é coberto por uma máscara de corvo, cujo olho esquerdo brilha em um azul intenso, e um chapéu de bruxo fica na sua cabeça. Uma capa surge nas suas costas e nas suas mãos, um cajado de madeira com uma pedra azul na ponta, durante essa forma inúmeros corvos começam a aparecer um atrás do outro, cada um possuindo três olhos, sendo um deles místico, a qual permite ver todo o território. O filho de Odin se mostra capaz de manipular quantidades absurdas de energia mágica, denominada poder de Odin ou Força Odin, para vários propósitos. Com esse poder, o filho de Odin é capaz de grandes proezas mágicas, como o transporte de toda a raça para uma dimensão alternativa, projetar explosões de força, erigir campos de força impenetráveis, criar barreiras que podem proteger cidades inteiras, alterar seu tamanho. O poder do filho de Odin é tal, que ele consegue trazer até um deus de volta à vida. Com a Força Odin, ele se torna poderoso o suficiente para realizar encantamentos permanentes, como o encantamento do digno no martelo dos deuses de Thor, além de muitas outras proezas de magia, adquirindo um controle semi-absoluto sobre a magia e todos os seus derivados, incluindo acesso total a magia negra, magia branca, arcana e etc. Não adquire de magias exclusivas.

 

Nível 180-200: Dura 2 rodadas.

 

Nível 201-220: Dura 3 rodadas.

 

Nível 221-240: Dura 4 rodadas.

 

Nível 241-260: Dura 5 rodadas.

 

Ps: Tempo de recarga de 10 turnos após o uso.

Fale Conosco

  • Facebook - Black Circle
  • Google+ - Black Circle
  • YouTube - Black Circle

+55 13 9 9630-6404

CNPJ : 29.160.823/0001-66

Sobre Nós

Somos o primeiro RPG textual existente de CHB aonde você pode ser filho de deuses de inúmeras mitologias, não se limitando a apenas greco/romana, largue esses RPG's com a mesma coisa e venha se divertir com a gente. 

Créditos

© Copyright 2019. Camp Half-Blood RPG Todos direitos reservados